Avisos Publicados

Exibindo 1-10 de 1203 resultados.
Data De DisponibilizaçãoÁrea(s) De InteresseObjetos em licitação e contrataçãoNº ProcessoFasePdf FaseArquivos
23/03/2019COMUNICADOSA COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ comunica a decisão de aplicação da sanção de impedimento de licitar e contratar com a Administração Pública Estadual, pelo período de 05 (cinco) anos, contados da publicação deste Comunicado, à empresa BARONE FASHION COMÉRCIO DE CALÇADOS E BOLSAS EIRELI, CNPJ nº 07.259.462/0001-7707259462 COMUNICADO#
02/03/2019COMUNICADOSA Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô comunica que o prazo de
validade do Concurso Público 01/2016 encerrou em 09/02/2019.
01/2016 COMUNICADO#
21/05/2019CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOSALTERAÇÃO DO LICENCIAMENTO DO
SOFTWARE ENTERPRISE ARCHITECT DAS ATUAIS 10 (DEZ) LICENÇAS PARA
20 (VINTE) LICENÇAS FLUTUANTES E VERSIONAMENTO (UPGRADE) DO PRODUTO
PARA A VERSÃO ULTIMATE EDITION FLOATING
10006810 AVISO DE LICITAÇÃO#
EDITAL  10006810.pdf EDITAL 10006810.pdf
19/02/2019COMUNICADOSATA - AGE DO DIA 23 10 2018ATA 231018COMUNICADO#
Ata AGE - 23 10 2018-PUBLICACAO.pdf Ata AGE - 23 10 2018-PUBLICACAO.pdf
09/03/2019COMUNICADOSATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA “COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO DIA 20 DE FEVEREIRO DE 2019.AGE 200219COMUNICADO#
14/03/2019COMUNICADOSATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁ-RIA DA “COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO DIA 28 DE JANEIRO DE 2019.ATA 280119COMUNICADO#
23/03/2019COMUNICADOSATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA "COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO DIA 22 DE FEVEREIRO DE 2019.ATA 1119 COMUNICADO#
minuta 1119 - Eleicao de Diretores final - JUCESP-.pdf minuta 1119 - Eleicao de Diretores final - JUCESP-.pdf
30/01/2019COMUNICADOSATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA - ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA SOCIEDADE E DESIGNAÇÃO DE MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.ATA 1116 COMUNICADO#
ATA DA REUNIAO EXTRAORDINARIA 1116 - ELEICAO DA DIRETORIA.pdf ATA DA REUNIAO EXTRAORDINARIA 1116 - ELEICAO DA DIRETORIA.pdf
24/05/2019DIVERSOS METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”,">ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO
DE ADMINISTRAÇÃO DA "COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”,
ATAS 2019 OUTROS#
ATA AGO - 25_04_2019.pdf ATA AGO - 25_04_2019.pdf
08/05/2019DIVERSOS METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”,">ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO
DE ADMINISTRAÇÃO DA "COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”,
ATAS 2019 OUTROS#
ATA ASSEMBLEIA 21 03 2019.pdf ATA ASSEMBLEIA 21 03 2019.pdf

COMUNICADO
A COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ comunica a
decisão de aplicação da sanção de impedimento de licitar e contratar com a
Administração Pública Estadual, pelo período de 05 (cinco) anos, contados da
publicação deste Comunicado, à empresa BARONE FASHION COMÉRCIO DE
CALÇADOS E BOLSAS EIRELI, CNPJ nº 07.259.462/0001-77, com fulcro no artigo
7º da Lei Federal nº 10.520/02 e nos itens 11.3 e 11.3.1, inciso IV, alíneas “a”, “b”
e “c” das Condições Específicas do Edital, em razão da conduta da empresa no
Pregão Eletrônico nº 10004094 – Lote 6 de 23/11/2018, visto que apresentou o
Termo Provisório de Espaço TPE S.0043.09.18, para comprovação do item 5.5
Qualificação Técnica e, após diligência realizada junto à CPTM, esta não confirmou
a veracidade do termo apresentado, conforme documentos constantes no
processo administrativo GCP nº 00000014.

CONCURSO PÚBLICO 01/2016
A Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô comunica que o prazo de
validade do Concurso Público 01/2016 encerrou em 09/02/2019, para os cargos
de : Advogado Jr, Engenheiro Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho, Auxiliar
Enfermagem do Trabalho, Técnico Segurança do Trabalho, Técnico Sistemas
Metroviários I, Técnico Restabelecimento Corretiva I, Operador Transporte
Metroviário I, Oficial Manutenção Instalações I, Oficial de Manutenção Industrial
, Usinador Ferramenteiro.

AVISO DE LICITAÇÃO
PREGÃO ELETRÔNICO Nº 10006810. ALTERAÇÃO DO LICENCIAMENTO DO
SOFTWARE ENTERPRISE ARCHITECT DAS ATUAIS 10 (DEZ) LICENÇAS PARA
20 (VINTE) LICENÇAS FLUTUANTES E VERSIONAMENTO (UPGRADE) DO PRODUTO
PARA A VERSÃO ULTIMATE EDITION FLOATING. OFERTA DE COMPRA
(OC) Nº 373301370932019OC00401. CLASSE BEC: 0830. O Edital completo encontra-
se disponível nos sítios www.bec.sp.gov.br, www.imesp.com.br e www.
metro.sp.gov.br a partir do dia 21/05/2019. A sessão pública do Pregão será realizada
no endereço eletrônico www.bec.sp.gov.br, no dia 03/06/2019 às 09h00.

METRÔ - Companhia do Metropolitano de
São Paulo
C.N.P.J. Nº 62.070.362/0001-06
NIRE nº 3530003343-4
ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁ-
RIA DA “COMPANHIA DO METROPOLITANO
DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO
DIA 23 DE OUTUBRO DE 2018.
Aos 23 dias do mês de outubro de dois mil e dezoito, às 11h00 horas, na Rua
Boa Vista nº 175 – Bloco B – 7º andar, nesta Capital, reuniram-se em Assembleia
Geral Extraordinária, os senhores acionistas da Companhia do Metropolitano
de São Paulo – Metrô, representando mais de 2/3 (dois terços) do Capital Social,
conforme se verificou de suas assinaturas lançadas às fls. 077, do Livro de Presença
dos Acionistas. Nos termos do disposto no Artigo 5º, Parágrafo segundo
dos Estatutos Sociais, assumiu a Presidência dos trabalhos o Dr. PAULO MENEZES
FIGUEIREDO, Conselheiro de Administração, que convidou a mim, Mariana
Albert Acherboim, para Secretária. Constituída a mesa, o Senhor Presidente
declarou instalada a Assembleia e disse que essa reunião havia sido regularmente
convocada por Editais publicados nos jornais “Diário Oficial do Estado”
e “Agora São Paulo”, nas edições dos dias 11, 12 e 16 de outubro de 2018, cujo
teor era o seguinte: “COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ.
C.N.P.J. Nº 62.070.362/0001-06 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO. Ficam os senhores
acionistas convidados a se reunir em Assembleia Geral Extraordinária,
que se realizará no dia 23 de outubro de 2018, às 11:00 horas, na Rua Boa Vista,
175 - Bloco B - 7º andar, nesta Capital, para tratar da seguinte Ordem do Dia: 1.
Aprovar a proposta de aumento do limite do capital autorizado da Companhia
e alterar o parágrafo único do artigo 3º dos Estatutos Sociais. 2. Nomear empresa
especializada para avaliação de bens para integralização em futuro aumento
de capital, nos termos do artigo 8º da Lei Federal nº 6.404/76. 3. Eleger membro
do Conselho de Administração. 4. Outros assuntos de interesse. São Paulo, 10
de outubro de 2018 - ALMINO MONTEIRO ÁLVARES AFFONSO - Presidente do
Conselho de Administração”. Iniciados os trabalhos e com respeito ao ITEM 1
do Edital de Convocação, disse o Senhor Presidente que, no período compreendido
entre 01 de janeiro e 31 de dezembro de 2017, foram subscritos e integralizados
aportes de recursos financeiros na Companhia do Metrô, pelo GESP e
demais acionistas, no montante de R$ 2.605.931.343,44 (dois bilhões, seiscentos
e cinco milhões, novecentos e trinta e um mil, trezentos e quarenta e três
reais e quarenta e quatro centavos). Adicionalmente, foi realizada a regularização
societária quanto à situação de registro patrimonial do ativo imobilizado,
com capitalização de 17 trens e respectivos sobressalentes, adquiridos pelo
Estado, no montante de R$ 262.253.876,68 (duzentos e sessenta e dois milhões,
duzentos e cinquenta e três mil, oitocentos e setenta e seis reais e sessenta e
oito centavos). Assim, o montante do capital subscrito e integralizado ao final
do exercício de 2017 totalizou R$ 36.461.066.453,75 (trinta e seis bilhões, quatrocentos
e sessenta e um milhões, sessenta e seis mil, quatrocentos e cinquenta
e três reais e setenta e cinco centavos). O orçamento de investimentos previsto
para o ano de 2018, após a realização da revisão dos valores dos recursos
que serão aportados como subscrição e integralização de capital, totalizam um
montante de R$ 2.478.105.000,00 (dois bilhões, quatrocentos e setenta e oito
milhões e cento e cinco mil reais). Para o exercício de 2019, a proposta orçamentária
de investimentos é de R$ 4.143.415.000,00 (quatro bilhões, cento e
quarenta e três milhões, quatrocentos e quinze mil reais), sendo que deste
montante, R$ 2.357.385.000,00 (dois bilhões, trezentos e cinquenta e sete milhões
e trezentos e oitenta e cinco mil reais) serão destinados aos investimentos
nas linhas em operação e nos empreendimentos em expansão e R$
1.786.030.000,00 (um bilhão, setecentos e oitenta e seis milhões e trinta mil reais)
serão destinados para honrar os pagamentos de Ações Judiciais decorrentes dos Investimentos da Companhia do Metrô. No período compreendido entre
os anos de 2020 e 2022, a previsão orçamentária para os aportes de recursos
financeiros de investimentos totaliza R$ 9.591.936.000,00 (nove bilhões, quinhentos
e noventa e um milhões e novecentos e trinta e seis mil reais). Sendo
assim, os aportes de recursos financeiros, previstos para o período entre 2018
e 2022, totalizam R$ 16.213.456.000,00 (dezesseis bilhões, duzentos e treze milhões
e quatrocentos e cinquenta e seis mil reais), que serão subscritos e integralizados
ao capital social da Companhia do Metrô. Diante do exposto, verifica-
se que o espaço hoje existente no limite do capital autorizado é insuficiente
para incorporar os aportes de capital previstos para os exercícios de 2019 a
2022, razão pela qual ele precisa ser elevado para R$ 52.674.522.453,75 (cinquenta
e dois bilhões, seiscentos e setenta e quatro milhões, quinhentos e vinte
e dois mil, quatrocentos e cinquenta e três reais e setenta e cinco centavos), que
corresponde a um acréscimo de R$ 12.829.296.221,47 (doze bilhões, oitocentos
e vinte e nove milhões, duzentos e noventa e seis mil, duzentos e vinte e um
reais e quarenta e sete centavos) no capital social autorizado, representado por
2.687.749 (dois milhões, seiscentas e oitenta e sete mil e setecentas e quarenta
e nove) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal. Finalmente, informou
que, considerando que o limite do capital social autorizado é de R$
39.845.226.232,28 (trinta e nove bilhões, oitocentos e quarenta e cinco milhões,
duzentos e vinte e seis mil, duzentos e trinta e dois reais e vinte e oito centavos),
considerando os aportes de capital previstos para ocorrer no período compreendido
entre 2019 e 2022, faz-se necessária a elevação do capital social autorizado
para R$ 52.674.522.453,75 (cinquenta e dois bilhões, seiscentos e setenta
e quatro milhões, quinhentos e vinte e dois mil, quatrocentos e cinquenta e três
reais e setenta e cinco centavos), com a consequente alteração da redação do
parágrafo único, do artigo 3º dos Estatutos Sociais, que, se, aprovado, passará
a viger com a seguinte redação: “Artigo 3º - Parágrafo único – Independentemente
de reforma estatutária, o capital social poderá ser aumentado até o limite
máximo de R$ 52.674.522.453,75 (cinquenta e dois bilhões, seiscentos e setenta
e quatro milhões, quinhentos e vinte e dois mil, quatrocentos e cinquenta
e três reais e setenta e cinco centavos), mediante deliberação do Conselho de
Administração, ouvindo-se antes o Conselho Fiscal.” A Diretoria Executiva, o
Conselho Fiscal, conforme parecer emitido, e o Conselho de Administração manifestaram-
se favoravelmente sobre a matéria em reuniões levadas a efeito nos
dias 06 e 26 de setembro de 2018, respectivamente. Isto posto, pediu a palavra
e obteve-a o representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, que
disse que o fazia para acolher a matéria, aprovando a alteração do parágrafo
único, do artigo 3º, do estatuto social da Companhia, com a seguinte redação:
“ARTIGO 3º (...) Parágrafo único – Independentemente de reforma estatutária, o
capital social poderá ser aumentado até o limite máximo R$ 52.674.522.453,75
(cinquenta e dois bilhões, seiscentos e setenta e quatro milhões, quinhentos e
vinte e dois mil, quatrocentos e cinquenta e três reais e setenta e cinco centavos),
mediante deliberação do Conselho de Administração, ouvindo-se antes o
Conselho Fiscal.” Em seguida, não havendo quem mais se manifestasse, colocou
a proposta em votação, verificando-se a sua aprovação pela maioria, abstendo-
se de votar o Acionista Prefeitura do Município de São Paulo. Prosseguindo
com os trabalhos e em atenção ao ITEM 2 do Edital, informou o Senhor
Presidente que se fazia necessária nomeação de empresa especializada para
avaliação de bens para integralização em futuros aumentos de capital, em substituição
à empresa Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda., indicada em
Assembleia Geral de acionistas realizada em 15 de agosto de 2018. A proposta
decorre da necessidade de adequação da estrutura patrimonial com a regularização
da contabilização de ativos, no que diz respeito a 26 (vinte e seis) trens e
respectivas peças sobressalentes da Linha 5 – Lilás, adquiridos pela Secretaria
de Transportes Metropolitanos – STM e operados pelo METRÔ. Adicionalmente,
também se afigura necessária a transferência de titularidade desses trens,
da Secretaria de Transportes Metropolitanos para o METRÔ, o que se dará mediante
subscrição do capital da Companhia pelo Estado, na forma autorizada
pelo artigo 7º da Lei das Sociedades Anônimas. De acordo com o disposto no
artigo 122, inciso VI, da Lei federal nº 6.404/76, é competência privativa da assembleia
geral deliberar sobre a avaliação de bens com os quais o acionista
concorra para a formação do capital social. Outrossim, a teor do disposto no
artigo 8º do citado diploma legal, afigura-se necessária a nomeação de 3 (três)
peritos ou empresa especializada para fins de avaliação dos bens a serem utilizados
na integralização do capital social da Companhia. A empresa anteriormente
indicada “Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda.” declinou de sua
proposta comercial, levando a Administração a negociar com a empresa Apsis
Consultoria Empresarial Ltda. que apresentou a segunda melhor proposta. O
Conselho de Administração em reunião realizada em 26 de setembro de 2018,
aprovou a matéria, conforme consta da Resolução do Conselho de Administração
– RCA 044/2018, bem como o Conselho Fiscal, conforme parecer constate
da ata de reunião realizada em 26 de setembro de 2018. Isto posto e colocada a
proposta em discussão, pediu a palavra e obteve-a o representante do Acionista
Controlador – Fazenda do Estado, que disse que o fazia para aprovar a matéria,
acolhendo a nomeação da Apsis Assessoria Empresarial Ltda., para proceder
à avaliação de bens que serão objeto de integralização em futuro aumento
de capital do METRÔ, através de ativos imobilizados, bem assim para as demais
medidas necessárias à adequação patrimonial da Companhia, com a
emissão de referido Laudo de Avaliação Contábil, verificando-se a aprovação
pela maioria, com a abstenção do Acionista Prefeitura do Município de São
Paulo. Em seguida, e com respeito ao ITEM 3 do Edital, o Senhor Presidente
ofereceu a palavra a quem dela quisesse fazer uso. Pediu a palavra e obteve-a
o representante do acionista controlador – Fazenda do Estado, e disse que o
fazia para propor a eleição do Doutor MARCUS VINICIUS VANNUCCHI, brasileiro,
divorciado, engenheiro industrial, residente e domiciliado na Rua Santa Isabel
nº 57, nesta Capital, portador do RG nº 11.113.973-9-SSP/SP e inscrito no
CPF/MF sob nº 107.301.728-13, para integrar, como membro, o Conselho de Administração da Companhia do Metrô. Isto posto e retomando a palavra, o
Senhor Presidente colocou dita proposta em votação, verificando-se a sua
aprovação pela maioria, abstendo-se de votar o Acionista Municipalidade de
São Paulo. O representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado registrou
que a indicação contou com a competente autorização governamental,
tendo sido a conformidade dos requisitos legais e estatutários necessários, inclusive
aquela prevista na Lei federal nº 13.303/2016, atestada pelo Comitê de
Elegibilidade e Aconselhamento, nos termos do artigo 29 do estatuto social
(Processo S.F. nº 12091-250105/2018, que trata da verificação do processo de
indicação de membros para o Conselho de Administração da Companhia, na
forma prevista na Deliberação CODEC nº 01/2017). O conselheiro deverá exercer
suas funções com mandato coincidente com o dos demais, até a assembleia
que se destinar à aprovação das contas de 2019, nos termos do estatuto social
da Companhia. A investidura no cargo deverá obedecer aos requisitos, impedimentos
e procedimentos previstos na normatização vigente, os quais devem
ser verificados no ato da posse. A remuneração deverá ser fixada de acordo
com as orientações deste CODEC, nos termos da Deliberação CODEC nº
001/2018, publicada no Diário Oficial do Estado, de 30 de março de 2018, conforme
deliberado nas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária realizadas
em abril de 2018. No que se refere à declaração de bens, deverá ser observada
a normatização estadual aplicável. Por fim, o Senhor Presidente assinalou que
a Declaração de Desimpedimento do Conselheiro eleito fica arquivada nesta
Companhia. Finalmente, com respeito ao ITEM 4 do Edital, o Senhor Presidente
ofereceu a palavra a quem dela quisesse fazer uso. Pediu a palavra e obteve-a a
representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, e disse que o fazia
para lembrar que não deverão ser deliberadas, neste item, outras matérias, sem
a prévia e expressa manifestação do Conselho de Defesa dos Capitais do Estado
CODEC, consignando-se em ata que os votos da Fazenda do Estado, nas
matérias constantes da Ordem do Dia foram proferidos nos termos do Parecer
CODEC nº 168/2018 de 22 de outubro de 2018, do Conselho de Defesa do Capitais
do Estado – CODEC. Retomando a palavra e como não houvesse quem dela
quisesse fazer uso, e encontrando-se esgotada a Ordem do Dia, o Senhor Presidente
considerou finda a reunião e determinou fosse lavrada a presente ata,
que lida e achada conforme, segue assinada pelos membros mesa, dela tirando-
se cópias autênticas para os fins legais. São Paulo, 23 de outubro de 2018.
(aa) Pela Fazenda do Estado de São Paulo: Dr. Diego Brito Cardoso. Pela Prefeitura
do Município de São Paulo: Drª Maria Isabel Mascarenhas Dias. Pela Companhia
Paulista de Obras e Serviços – CPOS: Dr. Marcos Roberto Duarte Batista.
Pelo Conselho de Administração: Dr. Paulo Menezes Figueiredo. Secretária da
Reunião: Drª Mariana Albert Acherboim. Certifico que o presente é cópia fiel da
Ata lavrada no Livro das Assembleias Gerais nº 02 da Companhia, às fls. 125 a
127. PAULO MENEZES FIGUEIREDO - Diretor-Presidente e Conselheiro de Administração.
Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e
Inovação – Junta Comercial do Estado de São Paulo – JUCESP – Certifico o registro
sob o número 87.267/19-6 em 15 de fevereiro de 2019. Flávia R. Britto
Gonçalves – Secretária Geral.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁ-
RIA DA “COMPANHIA DO METROPOLITANO
DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO
DIA 20 DE FEVEREIRO DE 2019.
Aos vinte dias do mês de fevereiro de dois mil e dezenove, às quinze horas, na
sede desta Sociedade, situada na Rua Augusta nº 1626, reuniram-se em Assembleia
Geral Extraordinária, os senhores acionistas da Companhia do Metropolitano
de São Paulo – Metrô, representando mais de 2/3 (dois terços) do Capital
Social, conforme se verificou de suas assinaturas lançadas às fls. 078, do Livro
de Presença dos Acionistas. Nos termos do disposto no Artigo 5º, Parágrafo
segundo dos Estatutos Sociais, assumiu a Presidência dos trabalhos o Sr. SILVANI
ALVES PEREIRA, Conselheiro de Administração, que convidou a mim,
Mariana Albert Acherboim, para Secretária. Constituída a mesa, o Senhor Presidente
declarou instalada a Assembleia e disse que essa reunião havia sido
regularmente convocada por Editais publicados nos jornais “Diário Oficial do
Estado” e “Agora São Paulo”, nas edições dos dias 12, 13 e 14 de fevereiro de
2019 de ambos os jornais, cujo teor era o seguinte: “COMPANHIA DO METROPOLITANO
DE SÃO PAULO – METRÔ. C.N.P.J. nº 62.070.362/0001-06 - EDITAL
DE CONVOCAÇÃO. Ficam os senhores acionistas convidados a se reunir em
Assembleia Geral Extraordinária, que se realizará no dia 20 de fevereiro de
2019, às 15:00 horas, na sede desta Sociedade, situada na Rua Augusta nº 1626,
nesta Capital, para tratar da seguinte Ordem do Dia: 1. Alterar os artigos 1º,
caput, e 15, caput, e excluir os artigos 53 e 54 dos Estatutos Sociais. 2. Outros
assuntos de interesse. São Paulo, 11 de fevereiro de 2019 - ALMINO MONTEIRO
ÁLVARES AFFONSO - Presidente do Conselho de Administração”. Iniciados os
trabalhos e em cumprimento ao Item 1 do Edital de Convocação, o Senhor Presidente
ofereceu a palavra a quem dela quisesse fazer uso para tratar de reforma
estatutária que se faz necessária para adequação das disposições contidas
nos artigos 1º, caput, e 15, caput, visando incluir no referido documento a sigla
que designa de forma abreviada a própria denominação da Companhia “METRÔ”,
que foi excluída indevidamente na consolidação dos Estatutos Sociais
ocorrida em 2017 – e a informação de que é uma empresa pública, tendo em
vista o resgate da totalidade das ações de titularidade de acionistas minoritários
privados, autorizada em Assembleia Geral Extraordinária de 15 de junho de
2018, a qual determinou a adoção das providências pertinentes pela Companhia.
Registrou-se, conforme o Parecer CODEC n.º 39/2019, que a Companhia
apresentou a posição acionária informando o cumprimento do deliberado em
AGE e cópia do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica, comprovando sua condição
de empresa pública. Ainda quanto ao item 1 da pauta, a Companhia pretende
alterar a previsão estatutária a respeito da composição da Diretoria, excluindo-
se a nomenclatura de cada Diretoria, a fim de possibilitar maior flexibilidade
e aderência às atribuições específicas a serem fixadas pelo Conselho de Administração
diante das atividades a serem desenvolvidas no exercício do objeto
social da Companhia. Assim, a Diretoria atualmente composta de um Diretor-
-Presidente, um Diretor de Finanças, um Diretor de Assuntos Corporativos, um
Diretor de Planejamento e Expansão dos Transportes Metropolitanos, um Diretor
de Engenharia e Construções e um Diretor de Operações, passará a contar
com um Diretor-Presidente, um com atribuições específicas para a matéria financeira,
um com atribuições específicas para a área corporativa, um para a
área operacional, um para a área de planejamento e engenharia e um para a
área comercial. Verifica-se, portanto, a manutenção do mesmo quantitativo das diretorias atuais, agregando-se a área de planejamento e engenharia em uma
única diretoria e criando-se uma diretoria para a área comercial. Nesse ponto,
ressalte-se a importância de que os membros da diretoria afetados pela modificação
tenham suas indicações ou reconduções realizadas pelos competentes
procedimentos, nos termos da Deliberação CODEC n.º 03/2018. O Departamento
Jurídico do METRÔ conclui em seu Parecer JUC/CCT n.º 0099/2019 sobre a
não existência de qualquer óbice para a proposta de alteração estatutária. As
propostas de alteração dos caputs dos artigos 1º e 15 contaram com a aprovação
do Conselho de Administração, conforme se constata da cópia da RCA
006/2019, de 31 de janeiro de 2019. E, por fim, ainda neste item de pauta, pretende
a Companhia excluir os artigos 53, parágrafo único e 54, parágrafos primeiro
e segundo, da “Disposição Transitória”, visto terem sido superadas as
situações neles previstas – prorrogação dos mandatos dos Conselhos ante a
exigibilidade do procedimento de supervisão do Comitê de Elegibilidade e o
resgate da totalidade de ações de titularidade de acionistas privados, respectivamente.
A Diretoria Executiva e o Conselho de Administração manifestaram-
-se favoravelmente sobre a matéria em reuniões levadas a efeito nos dias 30 e
31 de janeiro de 2019, respectivamente. Pediu a palavra e obteve-a o representante
do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, e disse que o fazia para
propor fosse aprovada a alteração dos artigos estatutários, que passam a vigorar
com a seguinte redação em seus caputs: “Artigo 1º - A sociedade por ações
denominada COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO - METRÔ é
uma empresa pública estadual, parte integrante da administração indireta do
Estado de São Paulo, regendo-se pelo presente Estatuto, pelas Leis Federais nºs
6.404, de 15 de dezembro de 1976 e 13.303, de 30 de junho de 2016, e demais
disposições legais aplicáveis.”; “Artigo 15 – A Diretoria será composta por 6
(seis) membros, sendo um Diretor-Presidente, um com atribuições específicas
para a matéria financeira, um com atribuições específicas para a área corporativa,
um para a área operacional, um para a área de planejamento e engenharia
e um para a área comercial, com as respectivas atribuições fixadas pelo Conselho
de Administração e especificadas em Regimento Interno, quando neste estatuto
não especificadas, todos com mandato unificado de 2 (dois) anos, permitidas
3 (três) reconduções consecutivas.”. O representante do Acionista
Controlador – Fazenda do Estado também propôs a exclusão dos artigos 53 e 54
dos estatutos sociais. Isto posto, efetuadas as propostas e abertos os debates,
uma vez prestados os esclarecimentos que se fizeram necessários, colocada
dita proposta em votação, verificou-se a sua aprovação pela maioria, abstendo-
-se de votar o acionista Municipalidade de São Paulo, declarando, em consequência
o Senhor Presidente que os artigos 1º, caput, e 15, caput, passarão a viger
com a redação ora aprovada, tal como nesta vem redigida, excluindo-se os artigos
53 e 54. Em seguida, e em atendimento ao Item 2 do Edital, o Senhor
Presidente ofereceu a palavra a quem dela quisesse fazer uso. Pediu a palavra
e obteve-a o representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, e
disse que o fazia para lembrar que não deverão ser deliberadas, neste item,
outras matérias, sem a prévia e expressa manifestação do Conselho de Defesa
dos Capitais do Estado – CODEC, consignando-se em ata que o voto da Fazenda
do Estado, nas matérias constantes da Ordem do Dia desta reunião, foram proferidos
com o apoio do Parecer CODEC nº 039/2019 de 19 de fevereiro de 2019,
promanado do Conselho de Defesa dos Capitais do Estado – CODEC. Retomando
a palavra e como não houvesse quem dela quisesse fazer uso, e encontrando-
se esgotada a Ordem do Dia, o Senhor Presidente considerou finda a reunião,
determinando o encerramento da folha do Livro de Presença dos
Acionistas e suspendeu a Assembleia pelo tempo necessário à lavratura desta
ata. Reaberta a Assembleia, foi esta ata lida, achada conforme e unanimemente
aprovada pelos senhores acionistas, que a assinaram juntamente com os membros
da mesa, dela tirando-se cópias autênticas para os fins legais. São Paulo,
20 de fevereiro de 2019. (aa) Pela Fazenda do Estado de São Paulo: Drª Laura
Baracat Bedicks. Pela Prefeitura do Município de São Paulo: Drª Lilian Fontelles
Rios. Pela Empresa Paulista de Planejamento Metropolitano S/A – Emplasa: Drª
Maria Aparecida Brito Lourenço de Oliveira. Pelo Conselho de Administração:
Dr. Silvani Alves Pereira. Drª Mariana Albert Acherboim: Secretária da Reunião.
Certifico que o presente é cópia fiel da Ata lavrada no Livro das Assembleias
Gerais nº 02 da Companhia, às fls. 130 e 131. SILVANI ALVES PEREIRA - Conselheiro
de Administração. Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Junta
Comercial do Estado de São Paulo – JUCESP - Certifico o registro sob o número
136.584/19-6 em 07/03/2019. Gisela Simiema Ceschin – Secretária Geral.

ATA DA ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁ-
RIA DA “COMPANHIA DO METROPOLITANO
DE SÃO PAULO – METRÔ”, REALIZADA NO
DIA 28 DE JANEIRO DE 2019.
Aos vinte e oito dias do mês de janeiro de dois mil e dezenove, às quinze horas,
na sede social situada na Rua Augusta nº 1626, nesta Capital, reuniram-se em
Assembleia Geral Extraordinária, os senhores acionistas da Companhia do Metropolitano
de São Paulo – Metrô, representando mais de 2/3 (dois terços) do
Capital Social, conforme se verificou de suas assinaturas lançadas às fls. 077vº,
do Livro de Presença dos Acionistas. Nos termos do disposto no Artigo 5º, Parágrafo
segundo dos Estatutos Sociais, assumiu a Presidência dos trabalhos o
Sr. SILVANI ALVES PEREIRA, Conselheiro de Administração, que convidou a
mim, Mariana Albert Acherboim, para Secretária. Constituída a mesa, o Senhor
Presidente declarou instalada a Assembleia e disse que essa reunião havia sido
regularmente convocada por Editais publicados nos jornais “Diário Oficial do
Estado”, nas edições dos dias 18, 19 e 23 de janeiro de 2019 e “Agora São Paulo”,
nas edições dos dias 18, 19 e 20 de janeiro de 2019, cujo teor era o seguinte:
“COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ. C.N.P.J. nº
62.070.362/0001-06 - EDITAL DE CONVOCAÇÃO. Ficam os senhores acionistas
convidados a se reunir em Assembleia Geral Extraordinária, que se realizará no
dia 28 de janeiro de 2019, às 15:00 horas, na sede desta Sociedade, situada na
Rua Augusta nº 1626, nesta Capital, para tratar da seguinte Ordem do Dia: 1.
Eleger membros e o Presidente do Conselho de Administração. 2. Ratificar a
eleição de Conselheiro de Administração. 3. Outros assuntos de interesse. São
Paulo, 17 de janeiro de 2019 - ALMINO MONTEIRO ÁLVARES AFFONSO - Presidente
do Conselho de Administração”. Iniciados os trabalhos e em cumprimento
ao Item 1 do Edital de Convocação, o Senhor Presidente ofereceu a palavra a
quem dela quisesse fazer uso para tratar da eleição de membros e do Presidente
do Conselho de Administração da Sociedade. Pediu a palavra e obteve-a o
representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, e disse que o fazia
para propor fosse eleito o Sr. OSVALDO GARCIA, brasileiro, casado, engenheiro,
portador da cédula de identidade RG nº 2.847.611/SSP-MG, inscrito no CPF/
MF nº 538.650.146-15, residente e domiciliado na Rua Corinto, nº 739, Vila Indiana,
nesta Capital, como membro e Presidente do Conselho de Administração, e
para membros do Conselho de Administração, a Srª. MARISE FERNANDES DE
ARAÚJO, brasileira, solteira, economista, portadora da cédula de identidade
RG nº 14.837.563, inscrita no CPF/MF nº 193.513.131-15, residente e domiciliada
na Rua C234, 1149, Edifício Pátio Suiça, apartamento 1300, Setor Nova Suíça,
Goiânia, Estado de Goiás; a Srª. FELISSA SOUSA ALARCON, brasileira, casada,
economista, portadora da cédula de identidade RG nº 2.708.545, inscrita no CPF/
MF nº 010.685.271-02, residente e domiciliada na SCES Trecho 4, Lote 5, Condomínio
Brisas do Lago, apartamento B226, Brasília, Distrito Federal, e o Sr. JOSÉ
UMBERTO PEREIRA, brasileiro, convivente em união estável, pedagogo, portador
da cédula de identidade RG nº 869.190, inscrito no CPF/MF nº 166.974.561-
91, residente e domiciliado na SQSW, Bloco E, apartamento 106, Setor Sudoeste,
Brasília, Distrito Federal. Isto posto e retomando a palavra, o Senhor
Presidente colocou dita proposta em votação, verificando-se a sua aprovação
pela maioria, abstendo-se de votar o Acionista Municipalidade de São Paulo.
Em seguida o Senhor Presidente ofereceu a palavra a quem mais dela quisesse
fazer uso. Pediu a palavra e obteve-a o representante do Acionista Controlador
- Fazenda do Estado e registrou que o Comitê de Elegibilidade e Aconselhamento,
nos termos do artigo 29 dos Estatutos Sociais, atestou a conformidade dos
requisitos legais e estatutários necessários, inclusive aqueles previstos na Lei
federal nº 13.303/2016 (Processo S.F. nº 12091-250105/2018), dos conselheiros
indicados. Registrou, ainda, que os conselheiros ora eleitos deverão exercer
suas funções nos termos dos Estatutos Sociais, com mandato unificado até a
assembleia que se destinar à aprovação das contas de 2019, e a investidura no
cargo deverá obedecer aos requisitos, impedimentos e procedimentos previstos
na normatização vigente, o que deve ser verificado no ato de posse pela
Companhia. As suas remunerações deverão ser fixadas de acordo com as
orientações do Conselho de Defesa dos Capitais do Estado, nos termos da Deliberação
CODEC nº 001/2018, publicada no Diário Oficial do Estado, de 30 de
março de 2018, conforme deliberado nas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária
realizadas em abril de 2018. No que se refere à declaração de bens,
deverá ser observada a normatização estadual aplicável. Por fim, o Senhor Presidente
assinalou que as Declarações de Desimpedimento dos Conselheiros
eleitos ficam arquivados nesta Companhia. Dando prosseguimento aos trabalhos, e em cumprimento ao Item 2 do Edital, o Senhor Presidente colocou em
discussão a ratificação da eleição de membro do Conselho de Administração,
esclarecendo, por oportuno, que o referido Conselho, com base no parágrafo
primeiro do Artigo 8º dos Estatutos Sociais da Companhia, em reunião realizada
no dia 11 de janeiro de 2019, resolveu designar o Sr. SILVANI ALVES PEREIRA,
brasileiro, casado, administrador, residente e domiciliado em SQS, Quadra
109, Bloco C, apartamento 606, Asa Sul, na cidade de Brasília, Distrito Federal,
portador do RG nº 936.405-SSP/GO e inscrito no CPF/MF sob nº 233.820.821-87,
para exercer o cargo de Conselheiro de Administração, na vaga deixada pelo Sr.
Paulo Menezes Figueiredo, provimento esse que contou com a aprovação do
Conselho de Defesa dos Capitais do Estado - CODEC, nos termos do disposto
pelo Parecer CODEC nº 011/2019 de 10 de janeiro de 2019, cabendo a esta Assembleia
o provimento definitivo da referida vaga. Pediu a palavra a obteve-a o
representante do Acionista Controlador - Fazenda do Estado e disse que o fazia
para propor a eleição do Sr. SILVANI ALVES PEREIRA, acima qualificado, para
membro do Conselho de Administração, ocorrida "ex vi" dos Estatutos Sociais
da Companhia, "ad referendum" desta Assembleia Geral, em provimento definitivo
da aludida vaga. Como não houvesse quem mais se manifestasse, o Senhor
Presidente colocou dita proposta em votação, verificando-se, uma vez
computados os votos, a sua aprovação pela maioria, abstendo-se de votar o
acionista Municipalidade de São Paulo, aduzindo, em decorrência o Senhor
Presidente, que o mandato do Conselheiro ora eleito será coincidente com o
dos demais Conselheiros, nos termos dos Estatutos Sociais, ou seja, até a assembleia
que se destinar à aprovação das contas de 2019. Sua remuneração e
demais condições para a investidura no cargo serão fixados de acordo com as
orientações exaradas para a posse dos demais conselheiros, constantes do
Item 1 acima. Com a eleição, o Conselho de Administração do Metrô passa a ter
a seguinte composição: Presidente: OSVALDO GARCIA; Membros: SILVANI ALVES
PEREIRA – Diretor Presidente; MARISE FERNANDES DE ARAÚJO; FELISSA
SOUSA ALARCON; JOSÉ UMBERTO PEREIRA; ALMINO MONTEIRO ÁLVARES
AFFONSO; MARCUS VINICIUS VANNUCCHI; RUY MARTINS ALTENFELDER –
independente; JERÔNIMO ANTUNES – independente; ANA REGINA RIVAS
VEGA – acionista minoritário; e GILMARIO RIBEIRO - Representante dos Empregados.
Finalmente, e em atendimento ao Item 3 do Edital, o Senhor Presidente
ofereceu a palavra a quem dela quisesse fazer uso. Pediu a palavra e obteve-a
o representante do Acionista Controlador – Fazenda do Estado, e disse que o
fazia para lembrar que não deverão ser deliberadas, neste item, outras matérias,
sem a prévia e expressa manifestação do Conselho de Defesa dos Capitais
do Estado – CODEC, consignando-se em ata que os votos da Fazenda do Estado,
nas matérias constantes da Ordem do Dia, desta reunião, foram proferidos
com o apoio do Parecer CODEC nº 021/2019 de 28 de janeiro de 2019, promanado
do Conselho de Defesa dos Capitais do Estado – CODEC. Retomando a palavra
e como não houvesse quem dela quisesse fazer uso, e encontrando-se esgotada
a Ordem do Dia, o Senhor Presidente considerou finda a reunião,
determinando o encerramento da folha do Livro de Presença dos Acionistas e
suspendeu a Assembleia pelo tempo necessário à lavratura desta ata. Reaberta
a Assembleia, foi esta ata lida, achada conforme e unanimemente aprovada
pelos senhores acionistas, que a assinaram juntamente com os membros da
mesa, dela tirando-se cópias autênticas para os fins legais. São Paulo, 28 de
janeiro de 2019. (aa) Pela Fazenda do Estado de São Paulo: Drª Bruna Tapié
Gabrielli. Pela Prefeitura do Município de São Paulo: Drª Lilian Fontelles Rios.
Pela Companhia Paulista de Obras e Serviços - CPOS: Dr. Arley Ayres. Pela Empresa
Paulista de Planejamento Metropolitano S/A – Emplasa: Drª Maria Aparecida
Brito Lourenço de Oliveira. Pelo Conselho de Administração: Dr. Silvani
Alves Pereira. Drª Mariana Albert Acherboim: Secretária da Reunião. Certifico
que o presente é cópia fiel da Ata lavrada no Livro das Assembleias Gerais nº 02
da Companhia, às fls. 128 e 129. SILVANI ALVES PEREIRA - Conselheiro de Administração.
Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Junta Comercial do
Estado de São Paulo – JUCESP - Certifico o registro sob o número 148.797/19-2
em 12/03/2019. Gisela Simiema Ceschin – Secretária Geral.

ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA DO
CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA "COMPANHIA
DO METROPOLITANO DE SÃO PAULO
– METRÔ”, REALIZADA NO DIA 22 DE FEVEREIRO
DE 2019.
Aos vinte e dois dias do mês de fevereiro de dois mil e dezenove, às onze horas
e trinta minutos, realizou-se a 1119ª Reunião do Conselho de Administração da
Companhia do Metropolitano de São Paulo - Metrô, na Rua Boa Vista nº 175 –
Bloco B – 7º andar, nesta Capital, com o comparecimento do Sr. Osvaldo Garcia,
Presidente, Sr. Almino Monteiro Álvares Affonso, Conselheiro, Srª Ana Regina
Rivas Vega, Conselheira; Srª Felissa Sousa Alarcon, Conselheira, Sr. Gilmario
Ribeiro, Conselheiro, Sr. Jerônimo Antunes, Conselheiro, Sr. José Umberto Pereira,
Conselheiro, Sr. Marcus Vinicius Vannucchi, Conselheiro, Srª Marise Fernandes
de Araújo, Conselheira, Sr. Ruy Martins Altenfelder Silva, Conselheiro, e
Sr. Silvani Alves Pereira, Conselheiro. Comigo, Silvani Alves Pereira, Secretário
Designado. Iniciada a reunião, o Presidente do Conselho cumprimentou a todos,
e esclareceu tratar-se de reunião extraordinária para apreciação do seguinte:
ELEIÇÃO DE DIRETORES DA SOCIEDADE. O Conselho de Administração, no
uso da competência que lhe confere o Artigo 142, Inciso II da Lei nº 6.404 de 15
de dezembro de 1976, considerando a alteração do caput do artigo 15 dos Estatutos
Sociais na Assembleia Geral Extraordinária de 20 de fevereiro e a aprovação
da alteração do Regimento Interno da Diretoria com o estabelecimento
das atribuições das diretorias nesta data, deliberou eleger, em substituição ao
Sr. JOSÉ CARLOS BAPTISTA DO NASCIMENTO, o Sr. ADAILTON FERREIRA
TRINDADE, brasileiro, casado, administrador/economiario, portador do RG nº
809.817-SSP/DF e inscrito no CPF/MF sob o nº 317.250.151-53, residente e domiciliado
da Rua 24 Norte, Lotes 1 e 2, Bloco A, apartamento 1401, Edifício The
Prime, Águas Claras, Brasília, Distrito Federal, como Diretor de Finanças; e o
Sr. CLÁUDIO ROBERTO FERREIRA, brasileiro, casado, publicitário, portador do
RG nº 7.925.718-5 SSP/SP e inscrito no CPF/MF sob nº 914.274.288-91, residente
e domiciliado na Rua Doutor José Maria Whitaker, 310, apartamento 4, Bloco
Embuia, Jardim Leonor, na cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, como
Diretor Comercial. Observando que este apresentará declaração nos termos
do art. 17, §2º, inciso 5º, da Lei 13.303/2016. Diante da alteração estatutária e
da deliberação acima, o Sr. PAULO SÉRGIO AMALFI MECA deixa de responder
cumulativamente pela extinta Diretoria de Planejamento e Expansão dos
Transportes Metropolitanos, permanecendo como Diretor para a área de planejamento
e engenharia, na Diretoria de Engenharia e Planejamento. Por conseguinte,
a Diretoria passará a ter a seguinte composição: SILVANI ALVES PEREIRA,
Diretor-Presidente; ADAÍLTON FERREIRA TRINDADE, Diretor de Finanças;
MILTON GIOIA JUNIOR, Diretor de Operações; ALFREDO FALCHI NETO, Diretor
de Assuntos Corporativos; PAULO SÉRGIO AMALFI MECA, Diretor de Engenharia
e Planejamento; e CLÁUDIO ROBERTO FERREIRA, Diretor Comercial. Os
Diretores ora eleitos exercerão suas funções com mandato coincidente com
o dos demais diretores, nos termos dos Estatutos Sociais da Companhia, e a
investidura nos cargos deverá obedecer aos requisitos, impedimentos e procedimentos
previstos na normatização vigente. Quanto às suas remunerações,
serão observados os estritos termos da Deliberação CODEC nº 001/2018, publicada
no Diário Oficial do Estado, em 30 de março de 2018, conforme deliberado
nas Assembleias Gerais Ordinária e Extraordinária dos Acionistas realizada no
dia 27 de abril de 2018. As Declarações de Desimpedimento ficam arquivadas
nesta Companhia. Nos casos em que o Diretor acumular funções de outro Diretor,
perceberá apenas uma remuneração. No que se refere à declaração de
bens, deverá ser observada a normatização estadual aplicável. Esta deliberação
foi tomada pela unanimidade dos senhores conselheiros presentes e está fundamentada
no Artigo 15 dos Estatutos Sociais, e tiveram supedâneo no Parecer
CODEC nº 042/2019, de 22 de fevereiro de 2019, emitido pelo Conselho de Defesa
dos Capitais do Estado – CODEC e encontra-se em conformidade com os
requisitos legais e estatutários necessários, inclusive aqueles previstos na Lei
Federal nº 13.303/2016 e Decreto Estadual nº 62.349/2016, atestada pelo Comitê
de Elegibilidade e Aconselhamento, estando assim, atendidos os requisitos da
Deliberação CODEC nº 03/2018. Em seguida, os membros do Conselho manifestaram
seu reconhecimento e os agradecimentos ao Sr. José Carlos Baptista
do Nascimento pelos excelentes serviços prestados à Companhia à frente da
Diretoria de Finanças, desejando-lhe sucesso em suas vidas profissionais e pessoais.
Nada mais havendo a ser tratado, foi encerrada a reunião. (aa) OSVALDO
GARCIA – Presidente. SILVANI ALVES PEREIRA - Conselheiro e Secretário Designado.
ALMINO MONTEIRO ÁLVARES AFFONSO – Conselheiro. ANA REGINA
RIVAS VEGA – Conselheira. FELISSA SOUSA ALARCON – Conselheira. GILMARIO
RIBEIRO – Conselheiro. JERÔNIMO ANTUNES - Conselheiro. JOSÉ UMBERTO
PEREIRA – Conselheiro. MARCUS VINICIUS VANNUCCHI – Conselheiro.
MARISE FERNANDES DE ARAÚJO – Conselheira. RUY MARTINS ALTENFELDER
SILVA – Conselheiro. Certifico que o presente é cópia fiel da Ata lavrada no
livro de Atas de Reuniões do Conselho de Administração nº 04 da Companhia.
SILVANI ALVES PEREIRA - Diretor-Presidente e Conselheiro de Administração.
Secretaria de Desenvolvimento Econômico – Junta Comercial do Estado de São
Paulo – JUCESP. Certifico o registro sob o número 157.628/19-0 em 19/03/2019
– Gisela Simiema Ceschin – Secretária Geral.

ATA DA REUNIÃO EXTRAORDINÁRIA - ELEIÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA DA SOCIEDADE E DESIGNAÇÃO DE MEMBRO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.

Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da “COMPANHIA DO METROPOLITANO DE SÃO
PAULO – Metrô”, realizada no dia 25 de abril de 2019.

ATA DA REUNIÃO ORDINÁRIA DO CONSELHO
DE ADMINISTRAÇÃO DA "COMPANHIA DO
METROPOLITANO DE SÃO PAULO – METRÔ”,
REALIZADA NO DIA 21 DE MARÇO DE 2019.